Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias
de Auto-Estradas ou Pontes com Portagens

Mensagem
do Presidente

Foto do Presidente da APCAP
António Nunes de Sousa
Presidente da APCAP

Ao agregar a participação de 24 Concessionárias e Subconcessionárias do Continente, Madeira e Açores, representando um total de 3600 km, cerca de uma quarta parte da rede nacional de estradas, a APCAP assume-se hoje como uma parceira fundamental da mobilidade dos portugueses.

Para além da defesa dos interesses comuns das 24 associadas junto das instituições nacionais, comunitárias ou internacionais, esta Associação é, e pretende continuar a ser, uma parceira interveniente em matéria de gestão rodoviária, reconhecida pelo próprio Estado na consulta e audição sobre as mais diversas matérias. Este é um reconhecimento que nos apraz registar e que nos traz uma responsabilidade acrescida.

Essa responsabilidade é reforçada pelo facto da nossa rede de autoestradas ser uma referência a nível mundial, resultado de mais de 15 mil milhões de euros investidos só nos últimos 15 anos, e que nos coloca como a terceira maior associação europeia deste setor, em termos de extensão. O modelo de parcerias público-privadas adotado em Portugal nesta área tem, sem dúvida, permitido manter elevados padrões de operação e manutenção, proporcionando uma excelente qualidade de serviço aos nossos clientes.

Para que isso possa continuar a ser uma realidade, a nossa associação deverá continuar a promover a melhoria e atualização contínuas, através da investigação e do desenvolvimento de temas tão diversos com a interoperabilidade dos sistemas de portagem, o ambiente e a sustentabilidade, a segurança de circulação ou os sistemas inteligentes de transportes.

Em linha com este foco e este trabalho, ficaremos abertos aos novos temas de mobilidade que, sem dúvida, influenciarão a infraestrutura, como sejam a mobilidade elétrica ou a condução autónoma.

Acima de tudo, acreditamos que a nossa missão é proporcionar uma rede de autoestradas, pontes e estradas concessionadas que sirvam com qualidade as necessidades de mobilidade de Portugal.

António Nunes de Sousa

mapa